O que comer em Curaçao

por Tatiana Zanardi
4 Comentários

Comer em Curaçao é parte da experiência

Curaçao é uma ilha especial para nós. A primeira vez que estive em Curaçao foi em 2007, principalmente para mergulhar. Depois voltei com o Alcides em 2011, a bordo do nosso catamarã Ocean Eyes, e desde então a gente vem para Curaçao quase todos os anos. Recomendo pelo menos uma vez na vida mergulhar, velejar, passear, e logicamente comer em Curaçao!

A charmosa Willemstad

A charmosa Willemstad

Falar sobre suas praias, água cristalina, mar Caribenho, povo simpático… isso todo mundo já sabe, não é mesmo? Vou falar sobre os motivos que eu considero diferenciados perto de outras ilhas do Caribe 🙂

Mas por que Curaçao? Motivos não faltam…

  1. Curaçao fica fora da área de risco de furacões do Caribe, que vai de julho a novembro. Por isso é um dos locais mais seguros para morar embarcado no segundo semestre. Deixamos nosso catamarã na abrigada Curaçao Marine, e para chegar lá temos que passar debaixo da ponte mais alta do Caribe, a Ponte Rainha Juliana, com 60 metros de altura.
  2. Curaçaolenhos falam 4 línguas: espanhol, inglês, holandês e papiamento, que é a lingua local e mistura todas as anteriores mais o Português. Por isso até em português de alguma forma a gente consegue se comunicar.

    Ocean Eyes passando debaixo da Ponte Rainha Juliana

    Ocean Eyes passando debaixo da Ponte Rainha Juliana

  3. Curaçao é uma ilha completa, do meu ponto de vista uma das mais bem estruturadas do Caribe em termos de passeios, mercados, clínicas, farmácias, marinas, lojas em geral. Além do mais, combina infraestrutura com natureza, com um mar espetacular para mergulho, snorkeling, windsurf, vela, etc.
  4. Comer em Curaçao é parecido com a comida de praia do litoral brasileiro: frutos do mar, peixe frito, cervejinha gelada, polenta (aqui chama Funchi), sopas, até um versão do arroz e feijão tem (tutu). Além disso, combina culturas diferentes como a latina (arepas), holandesa (queijos de cair o queixo), africana e indígena.
  5. Curaçao é acolhedora, com uma comunidade brasileira que amamos. Quem vem pra cá tem que mergulhar com a Andhiela, brasileira dona da Goby Divers, fazer um passeio com a Val, do Dicas de Curaçao, se hospedar na pousada O Casarão, da Luz e do Francisco. Todos moram aqui a muitos anos e fizeram suas vidas e história na ilha.
  6. E muito mais! te convido para vir para Curaçao e ter a própria experiência!

O que comer em Curaçao?

  1. Peixes e frutos do mar: Como era de se esperar de uma ilha caribenha, frutos do mar frescos desempenham um papel central na culinária de Curaçao. Peixes como wahoo, atum, dourado do mar e snapper são frequentemente grelhados, cozidos ou fritos e servidos com molhos picantes ou à base de ervas. Por outro lado, eu não recomendo comer em Curaçao (na verdade em nenhum lugar) garoupa. Isso porque a quantidade de garoupa diminuiu muito devido a sobrepesca e lenta taxa de reprodução e crescimento da espécie. Comer raia e cação (tubarão), nem pensar!
  2. Funchi e Tutu: Adoro funchi, uma espécie de polenta feita de farinha de milho, enquanto Tutu é uma versão cremosa de feijão-preto temperada com alho e cebola.
  3. Sopas e ensopados: Sopas e ensopados são uma parte importante da culinária de Curaçao, apesar do calor. A “sopa di pisca” é uma sopa de peixe rica e reconfortante, geralmente preparada com uma variedade de peixes locais, vegetais e ervas. Outro prato popular é o “stobá”, um ensopado espesso feito com carne (geralmente cabra ou frango), batata, abóbora e especiarias.
  4. Doces e sobremesas: Curaçao também tem uma seleção deliciosa de doces e sobremesas. Por exemplo, o “bolo pretu” é um bolo denso e rico, muitas vezes servido em ocasiões especiais como casamentos e festas de aniversário. “Flan di Kòrsou” é uma versão local do flan, geralmente aromatizada com o famoso licor de Curaçao.

Meus pratos prediletos pra comer em Curacao:

Bitterballen no Iguana, em Punda

Bitterballen no Iguana, em Punda

  1. Aperitivo: Adoro bitterballen!! Com uma cervejinha Amstel Bright geladinha é o aperitivo perfeito para comer em Curacao.  O bitterballen tem origem holandesa e é um bolinho frito, feito tradicionalmente com uma mistura de carne cozida (bovina ou vitela), misturada com um roux (uma mistura de farinha e manteiga), temperos e ervas, formando uma espécie de pasta. Essa pasta é então moldada em pequenas bolas, empanada em farinha de rosca e frita até ficar crocante por fora e cremosa por dentro. No barco eu prefiro prepará-lo assado.
  2.  Arepa, nosso almoço preferido em Curacao, principalmente no food truck Fruit Fusion em Caracasbaai Weg.  É um prato tradicional da culinária venezuelana e colombiana, consistindo em uma massa de farinha de milho, geralmente redonda e achatada, que pode ser assada ou grelhada. Por isso acho leve e saudável, e pode ser recheado com uma variedade de ingredientes, como queijo, carne, abacate, frango desfiado, feijão e muitos outros.
  3. Keshi Yena: Consiste em um queijo duro esvaziado e recheado com um guisado de carne, normalmente frango. É cozido até ficar macio e cremoso, resultando em uma mistura deliciosa de sabores. Recomendo muito comer em Curaçao! Por outro lado eu fiz uma adaptação deste prato, bem mais simples e fácil de fazer, mas igualmente delicioso. Especialmente se você cobri-lo com o tradicional queijo Gouda holandês! Veja abaixo a receita.

O que fazer em Curaçao?

Snorkeling no Tug Boat

Snorkeling no Tug Boat

Vou passar dicas rápidas, baseadas na minha experiência em Curaçao. Se quiser mais dicas vai no instagram Dicas de Curaçao, que a Val tem as melhores dicas do que fazer em Curaçao, roteiros, passeios e aluguel de carro.

  1. CasAbao, Kokomo Beach, Port Marie – praias pagas, lindas, com barzinho
  2. Playa Piscado – aberta, snorkel com tartarugas
  3. Kenepa Grande (a mais linda vista) e Playa Kalki em West Punt (ultima praia no oeste),
  4. Hemingway e Mambo Beach (praia com lounges, uma alameda de lojinhas, bares, agitada de dia e de noite)
  5. Jan Thiel (lounges em praia artificial com estrutura de bares)
  6. Passeio de barco até Klein Curaçao
  7. Mergulho com cilindro com a Goby Divers
  8. Passeio pelas ruas da charmosa Willemstad e seu canal de casinhas coloridas
    1. Dicas de restaurantes e bares: Hemingway, Governand, restaurantes em Pietermay, no Forte Ritz, Zanzibar em Jan Thiel e bar Iguanas, na frente do canal em Punda.
  9. Almoço rápido e saudável: food truck de arepas e smoothies em Caracasbaai Weg.
  10. Happy hour na praia com por do sol no Karakter em Ocean Oasis ou no Blue Bay Golf & Beach Resort
  11. Snorkeling no Tug Boat em Caracasbaai.

Onde ficar em Curaçao?

Já que estou passando minhas dicas sobre Curaçao, vou recomendar também onde ficar:

  • Renaissance: bem localizado, no centrinho, perto de bares, lojas e restaurantes, a pé. Tem uma praia artificial.
  • Marriot Beach Resort e Dreams Curaçao Resort: hotéis com estrutura de mergulho e linda praia, perfeitos para mergulhadores pois tem atendimento em português com a Goby Divers. O Dreams é all inclusive.
  • Pousada O Casarão: pousada aconchegante com lindos quartos, cozinha comunitária, piscina e churrasqueira.
  • Avila Beach Hotel: um dos mais tradicionais, resort, próximo do bairro boêmio Pietermaai, com praia e café da manhã bem servido
  • Kontiki Beach Resort: localizado na praia de Mambo Beach, famosa por ter vários bares, restaurantes e lojas.
  • Coral Estate Luxury Resort: bem afastado do centro, tem uma praia gostosa,  um bom centro de mergulho, e ambiente mais tranquilo. Além do ótimo restaurante Karakter.
  • Lions Dive & Beach Resort: dive resort a beira mar tendo o delicioso restaurante Hemingway na sua praia
Ponte Queen Emma, móvel

Ponte Queen Emma, móvel

 

Keshi Yena - Frango com especiarias e queijo

Keshi Yena by Cook4life: Cubos de frango com especiarias e queijo

Comer em Curaçao é parte da experiência Curaçao é uma ilha especial para nós. A primeira vez que estive em Curaçao foi em 2007, principalmente para mergulhar. Depois voltei com… Receitas cubos de frango, peito de frango European Imprima a receita
Serve: 2 Tempo total de preparo: Tempo de forno ou fogão:
Informações nutricionais 200 Calorias 20 grams Gordura
Avaliação 5.0/5
( 1 Notas )

Ingredientes

  • 1/2 quilo de peito de frango
  • 1 xícara da de cogumelos frescos, do tipo paris ou mini portobello
  • 1/2 cebola
  • 1/2 xícara de uva passa
  • 1/2 xícara de vinho branco seco
  • 1 colher de chá de cominho
  • 1 colher de chá de açafrão
  • 1 colher de chá de curry
  • 1 colher de chá de manteiga
  • 3 colheres de sopa de azeite de oliva extra virgem
  • 1/2 xícara de tomate pelado picado
  • 1 xícara de queijo mussarela desfiado
  • Sal e alho em pó a gosto
  • 1 xícara de água fervente

Modo de Preparo

  1. Corte o peito de frango em cubos, iguais os de estrogonofe
  2. Tempere com sal e alho em pó e reserve
  3. Corte a cebola em pedaços pequenos e finos
  4. Limpe os cogumelos frescos com um papel toalha ou pincel caso ainda tenha terra
  5. Corte os cogumelos em fatias 
  6. Aqueça em uma caçarola a manteiga com o azeite
  7. Refogue a cebola até ficar translúcida
  8. Acrescente os cubos de frango e misture bem com a cebola. Frite por alguns minutos até ele ficar branco em todos os lados
  9. Acrescente os cogumelos e misture
  10. Tampe a panela e deixe cozinhar por alguns minutos. 
  11. Coloque o vinho branco e deixe evaporar
  12. Acrescente a água fervente, os tomates picados, o curry, o cominho, o açafrão e as uvas passas, sal a gosto e misture bem. 
  13. Tampe e deixe cozinhar por meia hora, ou até o molho engrossar.
  14. Coloque o queijo por cima, desligue o fogo e deixe a panela tampada até o queijo derreter. 
  15. Sirva com cuscus marroquino ou arroz integral. 

Dica: 

Acrescente 1/2 xícara de tâmaras, ameixas ou damasco

Cubos de frango com especiarias para comer em Curaçao

Cubos de frango com especiarias para comer em Curaçao

 

Você também pode gostar

4 Comentários

Mari junho 18, 2019 - 7:39 pm

Delícias!!!
Fiz esta farofa de banana c amêndoas
Só elogio
TD mtooooo saboroso

Reply
Tatiana Zanardi junho 19, 2019 - 1:45 pm

Fico muuuuito feliz que vc está preparando e curtindo minhas receitas Mari, estou fazendo tudo com muito carinho!!!

E se vc quiser compartilhar alguma receita saudável e sustentável sua é só enviar pra gente!

Beijos e fique ligada nos posts 🙂

Reply
Regina Hall novembro 9, 2019 - 6:02 pm

Tudo muito saudavel e da’ agua na boca!! Hummmmmmm delicia!!

Reply
Tatiana Zanardi novembro 11, 2019 - 9:10 pm

Obrigada por curtir e acompanhar minhas receitas!!!

É essa a ideia mesmo, dar água na boca e ser saudavel ao mesmo tempo!

beijos

Reply

Deixe um comentário